Últimas Notícias

Varejo baiano cresce 7,9% em maio

As vendas no varejo da Bahia registraram ritmo de crescimento acelerado durante o mês de maio de 2014. Neste período, o volume de negócios aumentou 7,9% em relação a igual mês de 2013, taxa que ocupa a 12ª posição em relação às demais unidades federativas. A variação superou a nacional (4,8%).

Na comparação com o mês anterior ao analisado, o varejo variou positivamente em 3,8%, índice superior à taxa de abril que recuou 3,2%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC/IBGE), analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan). O fator preponderante para o ritmo de crescimento intensificado do volume de vendas em maio foi a redução dos preços dos alimentos no mês.

Melhor desempenho

Em maio de 2014, os dados do comércio varejista do estado da Bahia, quando comparados a maio de 2013, revelam que seis dos oito ramos que compõem o Indicador do Volume de Vendas apresentaram resultados positivos.

Listados pelo grau de magnitude das taxas em ordem decrescente se destacam os segmentos outros artigos de uso pessoal e doméstico (19,6%), móveis e eletrodomésticos (16,0%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (13,6%), livros, jornais, revistas e papelaria (11,0%), combustíveis e lubrificantes (6,6%) e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e Fumo (6,2%). Apresentaram retração os setores tecidos, vestuário e calçados (-0,3%) e equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-27,3).

Destaques

Considerando não apenas as taxas de crescimento, mas também o peso de cada setor no volume de vendas, os destaques no mês ficaram por conta dos segmentos de móveis e eletrodomésticos; hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo; e outros artigos de uso pessoal e doméstico. Destes, o maior impulsionador das vendas, em maio, foi o segmento de móveis e eletrodomésticos. O aquecimento nos negócios é resultado das campanhas promocionais decorrentes da realização da Copa do Mudo Fifa Brasil 2014 mesmo com o menor ritmo de crescimento do crédito.

Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo teve o segundo maior impulsionador das vendas no comércio varejista da Bahia. Segmento de maior peso para o Indicador de Volume de Vendas do Comércio Varejista, a atividade foi favorecida pelo alívio da inflação em alguns produtos comercializados pelo setor e pela comemoração do Dia das Mães.

A terceira maior contribuição veio do segmento outros artigos de uso pessoal e doméstico. Por englobar ramos como lojas de departamento, que comercializam produtos de menor valor agregado, ótica, artigos esportivos, brinquedos, entre outros, o segmento é bastante influenciado pelas datas festivas. Assim, o aquecimento nos negócios realizados no setor também foi influenciado pelas comemorações do Dia das Mães.

Comportamento ampliado

O comércio varejista ampliado, que inclui o varejo e mais as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, apresentou em maio crescimento de 3,8% nas vendas. Nos últimos 12 meses, a expansão no volume de negócios ficou em 2,3%.

O segmento de veículos, motos, partes e peças voltou a registrar variação negativa (-3,8%) em relação a igual mês do ano anterior. A queda nas vendas reflete o crédito mais seletivo por parte das financeiras diante do nível de inadimplência.

Em relação ao segmento material de cnstrução, que registrou no mês passado recuo de 10,1% nas vendas, no mês de maio ficou estável. Esses resultados são justificados pela redução do IPI para uma cesta de produtos do setor, e as condições favoráveis do crédito imobiliário que se mantêm em expansão.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *