Últimas Notícias

Bahia gera 3.994 novos postos de trabalho em janeiro de 2014 mas Salvador perde 596

As informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referentes ao primeiro mês de 2014, apontam que a Bahia contabilizou um saldo positivo de 3.994 postos de trabalho com carteira assinada.O resultado expressa a diferença entre o total de 68.994 admissões e 65.000 desligamentos. O saldo registrado em janeiro situou-se em um patamar superior ao contabilizado em igual período do ano anterior (- 628 postos), e superior ao mês de dezembro de 2013 (-12.011 postos), incluindo as declarações fora do prazo. O dados foram sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan).

Setor de Serviços em destaque – Setorialmente, em janeiro, na Bahia, os saldos positivos foram: Serviços (+ 3.188 postos) seguido pela Indústria de Transformação (+1.058 postos), Construção Civil (+991 postos), Agropecuária (+ 11 postos).  Registraram saldos negativos os seguintes setores: Comércio (-1.092 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (- 68 postos), Extrativa Mineral (- 47 postos) e Administração Publica (-47 postos).

No acumulado dos 12 últimos meses, dos oito setores de atividade, sete registram saldos positivos, também com destaque para o setor de Serviços (+21.089 postos): Construção Civil (+14.786 postos), Comércio (+12.294 postos), Indústria da Transformação (+3.745 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.008 postos), Administração Publica (+750 postos), Extrativa Mineral (+40 postos). O único setor que apresentou saldo negativo no acumulado dos últimos 12 meses foi o de Agropecuária, Extrativa Vegetal, Caça e Pesca (-1.375 postos).

Bahia na liderança – A Bahia (+3.994postos) ocupou a primeira posição no saldo de postos de trabalho dentre os estados da Região Nordeste e a 8ª posição no Brasil em janeiro de 2014. Na Região Nordeste, o estado que gerou o segundo maior saldo foi Sergipe (+ 1.142 postos), seguido por Paraíba (+1.065 postos), e em quarto lugar está seguido Rio Grande do Norte (+717 postos). Os demais estados da Região Nordeste tiveram saldos negativos. O menor saldo da Região é atribuído ao estado de Alagoas (- 4.695 postos), seguido Pernambuco (-4.523 postos), Maranhão (-4.520 postos), Ceará (-3.711 postos) e Piauí (- 135 postos).

No acumulado dos doze últimos meses, a Bahia apresentou um saldo de emprego da ordem de 52.337 novos postos de trabalho, isso levando em conta a série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo. Este resultado fez com que a Bahia consolidasse na liderança de geração de empregos no nordeste. Em segundo lugar na Região Nordeste, no acumulado de doze meses, está o Ceará (+50.492 postos), seguido por Pernambuco (+33.281 postos), Paraíba (+17.852 postos) Rio Grande do Norte (+15.524 postos), Sergipe (+14.279 postos), Maranhão (+11.898 postos), Piauí (+11.692 postos). O estado de Alagoas (-4.450 postos) foi o único do Nordeste que registrou saldo negativo no acumulado de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.

RMS e Interior – O resultado do emprego no estado, em janeiro de 2014, foi positivo tanto no interior do estado quanto na RMS. No interior, foram criados 2.225 novos postos de trabalho, e na Região Metropolitana de Salvador foram criados 1.769 postos de trabalho. Quanto ao saldo de emprego de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014, enfatiza-se que a participação do interior do estado contribuiu com quase o dobro da criação de postos de trabalho da RMS. Enquanto o interior criou 33. 808 novos postos, a RMS criou 18.529 novos postos de trabalho com carteira assinada.

Lauro de Freitas lidera criação de empregos no estado – Em janeiro de 2014, Lauro de Freitas, Maragogipe e Camaçari se destacaram na criação de novas oportunidades de trabalho formal na Bahia. Lauro de Freitas registrou 2.396 novos postos de trabalho, Maragogipe gerou 886 postos e Camaçari gerou 513 postos.

Entre os municípios que tiveram os menores saldos de empregos em janeiro de 2014, ressaltam-se Salvador (-596 postos), São Francisco do Conde (-384 postos) e Tanhaçu (-249 postos).

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *