Últimas Notícias

Marisqueiras de Itaparica ganham fábrica de cosméticos à base de algas

Uma fábrica de sabonetes à base de algas marinhas será construída na Ilha de Itaparica pela Bahia Pesca, empresa vinculada à Seagri. A ordem de serviço para o início das obras será assinada nesta quinta-feira (11), às 11h, na comunidade de Manguinhos onde funcionará a unidade. O equipamento terá capacidade para produzir 100 quilos de sabonete por dia e irá beneficiar cerca de 200 famílias de pescadores e marisqueiras.

Para o Presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto, o projeto familiar de cultivo de algas marinhas vem se tornando uma atividade promissora, considerando o mercado mundial consolidado de Ágar-ágar, substância extraída das algas. “E a maricultura de algas representa, nesse aspecto, uma nova opção de emprego e renda, geração de divisas e entrada direta de capital para as comunidades tradicionais, por meio do processamento artesanal das algas para a fabricação de sabonetes em barra e líquido”, acrescenta Peixoto.

As marisqueiras já estão produzindo os cosméticos, mas ainda em pequenas quantidades, de modo artesanal, para serem vendidos em feiras e eventos. “Nossa meta é conseguir uma produção suficiente para vender em atacado e aumentar ainda mais a renda destas profissionais”, explica o subgerente de maricultura da Bahia Pesca, José Sanches Júnior. A atividade faz parte do Projeto de Cultivo de Macroalgas Marinhas realizado pela Bahia Pesca com o apoio do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *