Últimas Notícias

EBDA distribui 11 milhões de mudas para agricultores familiares

A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), empresa vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, inicia a distribuição de 11 milhões de mudas de palma forrageira, para agricultores familiares do semiárido da Bahia. Um investimento de 3 milhões de reais, financiado através da Casa Civil, pelo Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep). Neste primeiro momento, serão contemplados 100 agricultores familiares do município de Baixa Grande, que receberão 100 mil mudas de palma prontas para o plantio. A distribuição acontece amanhã (28), às 10h, na Cooperativa Mista de Agricultura Familiar, localizada na Rua Dom Pedro de Alcântara, no centro da cidade.

A ação faz parte do Programa Segurança Alimentar do Rebanho da Agricultura Familiar, que tem como objetivo contribuir para a sustentabilidade da bovinocultura de leite e da ovinocaprinocultura da agricultura familiar. Para o diretor de Pecuária da EBDA, Marcelo Matos o trabalho irá promover a formação de reserva estratégica de alimentação para o rebanho. “A palma contribuirá para a sustentabilidade da bovinocultura de leite e da caprinovinocultura da agricultura familiar”, declara Matos.

Segundo Marcelo Matos, a EBDA também prestará assistência técnica para os produtores que receberão as mudas, orientando desde o plantio até os tratos culturais como adubação, limpeza da área e colheita. Serão beneficiados agricultores familiares que possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), produtores de leite que já comercializam para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Leite) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

A distribuição continuará a partir do dia 9 de julho, no Território do Sisal, seguindo para os Territórios Portal do Sertão, Bacia do Jacuípe, Semiárido Nordeste II, Piemonte Norte do Itapicuru que têm chuvas de inverno.

Programa Segurança Alimentar do Rebanho da Agricultura Familiar
O Programa idealizado e desenvolvido pela EBDA incentiva a produção de alimentos, a geração de trabalho, renda e inclusão social. Desde o seu lançamento, em 2011, a empresa já implantou 200 Unidades Técnicas Didáticas de Palma Adensada, em todas as regiões semiáridas do Estado, além de capacitar seu corpo técnico para prestar assistência aos agricultores familiares beneficiados pelo Programa.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *