Últimas Notícias

Mais 2.360 imóveis do Minha Casa Minha Vida estão previstos para serem entregues ainda este ano em Feira de Santana

Mais 2.360 imóveis estão previstos para serem entregues ainda este ano, através do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, em Feira de Santana. O cronograma elaborado pela Caixa Econômica Federal, que prevê a entrega de seis residenciais da primeira etapa do programa, foi divulgado na manhã desta quarta-feira (3) pelo secretário de Habitação, Gilberto Ruy, durante coletiva realizada na Sala de Imprensa Arnold Silva, no Ceaf (Centro de Atendimento ao Feirense).

Três residenciais serão entregues ainda neste mês de outubro. O primeiro será o Residencial Mangabeira, que possui 300 unidades, no próximo dia 11. Uma semana depois, no dia 19, está prevista a entrega do Residencial Alto do Papagaio, que dispõe de 320 imóveis. Já no dia 24, recebem as chaves da casa própria as 500 famílias contempladas para o Residencial Vida Nova Aeroporto II.

Em novembro, mais dois empreendimentos serão entregues. No dia 9, o Residencial Vida Nova Aviário III, que conta com 520 unidades habitacionais, e no dia 14 o Residencial Vida Nova Aeroporto I, que possui 500 imóveis. O último empreendimento a ser entregue este ano é o Residencial Laranjeiras, que dispõe de 220 unidades, no dia 14 de dezembro.

Segundo o secretário de Habitação, Gilberto Ruy, a primeira etapa do programa foi encerrada com a indicação de 1.300 nomes para mil apartamentos dos residenciais Iguatemi I, II e III, cuja lista foi divulgada na segunda-feira (1º). “Estamos encerrando 2012 com 4.993 unidades contratadas para o Minha Casa, Minha Vida 2. As empresas já iniciaram os serviços de terraplanagem dos empreendimentos, que serão construídos nos bairros Asa Branca, Aviário e Aeroporto. A pré-seleção das famílias para esta segunda etapa será realizada no próximo ano”, informou.

Questionamentos acerca dos critérios que enquadram as famílias no perfil do programa foram esclarecidos pela assistente social da Secretaria de Habitação, Cristina Mamona. O levantamento das demandas das necessidades das famílias, em relação aos serviços que precisam ser disponibilizados nas proximidades dos residenciais, foi abordado por Amarildo Costa, coordenador do Grupo de Avaliação de Empreendimentos (GAE), criado recentemente para observar as carências já existentes nas áreas e indicar o que precisa ser executado.

O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida já beneficiou 3.758 famílias em 11 empreendimentos no Município.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Um comentário

  1. quando será entreque os condominio da minha casa minha vida na asa branca 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *