Últimas Notícias

Venda de PC’s desacelera no primeiro semestre de 2012

O mercado brasileiro de PCs demonstrou sinais de desaceleração durante o primeiro semestre de 2012, chegando ao total de 7,8 milhões de computadores comercializados e um crescimento de 2% em relação ao primeiro semestre de 2011, segundo o estudo Brazil Quarterly PC Tracker, realizado pela IDC, líder em inteligência de mercado, consultoria e eventos para as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. Em previsões realizadas no início do ano, a expectativa era de um crescimento de 7% para o período.

De acordo com o estudo, a taxa de crescimento do Brasil foi a pior entre os países do BRIC: Rússia cresceu 37%, Índia 9% e China 3%.“Durante o primeiro semestre, o país enfrentou dificuldades econômicas que afetaram diversos setores, inclusive o de bens de consumo para o segmento de informática. Apesar das tentativas do governo em reaquecer a economia, observamos uma insegurança maior por parte das empresas em realizar novos investimentos frente a um cenário de crise internacional e uma instabilidade na confiança do consumidor brasileiro.” diz Attila Belavary, analista do mercado de PCs da IDC Brasil.

Das máquinas vendidas no primeiro semestre de 2012, 45% foram desktops e 55% notebooks (que incluem netbooks, ultrabooks e ultrafinos). “A diversidade de produtos é cada vez maior e atende o gosto e a necessidade específica do consumidor. O usuário doméstico tende a preferir a portabilidade dos notebooks e as empresas optam pela segurança dos desktops, que representam metade do segmento corporativo durante o período”, declara o analista da IDC.

Do total de computadores comercializados, 27% foram destinados ao segmento corporativo, 67% ao segmento doméstico e 6% para Governo e educação. “A variação cambial foi responsável por reduzir o número de ofertas disponíveis no varejo e levou alguns fabricantes a aumentarem seu preço final. Além disso, a competição com outros dispositivos, como tablets e smartphones, fez com que os usuários tivessem que priorizar seu investimento”, completa Belavary.

Para a IDC Brasil, as vendas para este ano devem crescer 8% em relação ao ano passado e totalizar 17,2 milhões de PCs comercializados. A taxa foi reduzida dos 13% de crescimento prevista no início do ano. ”Apesar da expectativa otimista para o segundo semestre, que contará com um aumento de notebooks ultrafinos produzidos localmente e o lançamento do Windows 8, o cenário mundial de instabilidade econômica dificulta maiores crescimentos para toda a indústria”, finaliza.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *