23 de abril de 2014
Últimas Notícias

279,72 mil novas linhas celulares em julho

A telefonia móvel brasileira registrou 279,72 mil novas linhas celulares em julho, representando alta de 0,11 por cento sobre o mês anterior, mas apresentando o menor volume de habilitações para o mês desde 2000, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta sexta-feira.

No total, as habilitações móveis somaram 256,41 milhões de linhas no mês passado, com 53,95 milhões de terminais de banda larga 3G. Na comparação anual, a base de linhas celulares no país cresceu 16,36 por cento.

A divulgação dos dados aconteceu após a Anatel ter suspendido as vendas de TIM, Oi e Claro em diversos Estados no final de julho, em meio a exigências de qualidade que devem ajudar a mudar os negócios do setor.

Segundo os dados da Anatel, Vivo e Claro acrescentaram novos usuários em julho, enquanto TIM e Oi tiveram queda em sua base de linhas.

A Vivo, operadora móvel do grupo Telefônica, teve participação de mercado de 29,71 por cento em julho, com 76,18 milhões de linhas –460 mil a mais do que no mês anterior.

Já a Claro, do grupo mexicano América Móvil, acrescentou 109 mil linhas em julho, para 63,07 milhões de habilitações. A fatia de mercado da empresa passou de 24,58 para 24,6 por cento, apesar da suspensão de vendas em três Estados, entre eles São Paulo, mercado com maior número de usuários.

A TIM, por sua vez, teve queda de cerca de 200 mil linhas no mês passado, para 68,67 milhões. Apesar disso, a operadora manteve a segunda colocação atrás da Vivo, com 26,78 por cento de participação no total de linhas do país.

A Oi também teve queda na comparação mensal, de 110 mil linhas, fechando julho com 47,66 milhões. A operadora detém o quarto lugar na lista, com 18,59 por cento de participação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>