Últimas Notícias

Pescadores discutem modelo do Terminal Pesqueiro de Salvador

O modelo de gestão do Terminal Pesqueiro Público de Salvador foi discutido nesta sexta-feira (19) por representantes de 23 colônias, cooperativas e associações de pescadores no auditório da EBDA, em Ondina. O terminal está sendo construído na Ribeira pela Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura, e as obras em fase de conclusão.

“O terminal é um importante instrumento de apoio ao desenvolvimento do setor pesqueiro e aquícola, com produtos e serviços de qualidade a preços competitivos,” destaca o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, que juntamente com o assessor de relações institucionais da empresa, Manoel Barbosa, explanaram sobre vantagens e desvantagens dos três modelos de gestão: pública, privada e compartilhada.

Os representantes dos pescadores decidiram pela gestão compartilhada que, dentre outras vantagens, proporciona legalização do processo comercial para milhares de pescadores, maior garantia de eficiência e eficácia em função da soma da experiência dos envolvidos; dos objetivos sociais e econômicos para a pesca artesanal; e de recursos para o início das operações. Os gestores contarão com apoio administrativo, financeiro, operacional e comercial de consultores do Sebrae.

O presidente da Colônia Z-1, com sede no Rio Vermelho, Marcos Souza (conhecido como Branco) afirma que durante 300 anos os pescadores artesanais ficaram à margem das decisões políticas. “O que era dito na época por alguns compositores e escritores contribuiu e muito para que não tivéssemos voz, como por exemplo, a ideia passada de que estes profissionais saiam às 5h e retornavam às 10h da manhã para, na beira da praia, deitar ao lado da morena e tomar cachaça”. Ele acrescenta que “a realidade sempre foi outra, uma vida muito dura”.

Branco lembra que as mudanças começaram em 1994 com a criação da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (SEAP) pelo governo Lula, transformada em Ministério em 2009. Com estas iniciativas, os pescadores passaram a ser inseridos nos setores institucionais. “Por isso, defendo a gestão compartilhada”, diz.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *