30 de julho de 2014
Últimas Notícias

Embraer anuncia Joint Venture para fabricar jatos na China

Durante a visita do Primeiro-Ministro da China, Wen Jiabao, ao Brasil para a Conferência Rio+20, em cerimônia testemunhada por líderes das duas nações, a Embraer S.A. (BOVESPA: EMBR3, NYSE: ERJ) e a Aviation Industry Corporation of China (AVIC) assinaram acordo para a fabricação na China dos jatos executivos Legacy 600/650 usando infraestrutura, recursos financeiros e mão-de-obra da joint venture Harbin Embraer Aircraft Industry Co., Ltd. (HEAI), que iniciou operações em 2002.

O acordo baseia-se no entendimento de ambas as partes quanto ao potencial de demanda do crescente mercado de aviação executiva na China e no desejo de continuar a parceria. A entrega do primeiro jato executivo fabricado pela HEAI é esperada para o final de 2013.

“O anúncio de hoje representa mais um marco no compromisso de longo prazo da Embraer com a China e nas relações bilaterais Brasil-China. Esta nova fase da parceria entre a AVIC e a Embraer corrobora o que já foi chamado por líderes do governo de ambos os países de ‘um modelo de cooperação sul-sul’”, disse Frederico Fleury Curado, Diretor-Presidente da Embraer.

“A concretização da cooperação China-Brasil no campo da aviação é produto dos esforços conjuntos de líderes governamentais e da indústria do setor nos dois países. A cooperação na fabricação de jatos executivos, dando continuidade ao que as duas partes já realizaram por meio da joint venture, atende aos objetivos de desenvolvimento estratégico de ambos os parceiros. Esta é, sem dúvida, uma cooperação internacional estratégica onde todos ganham. Como líder no setor de aviação na China, a AVIC aproveitará a oportunidade para desenvolver uma plataforma de fabricação de jatos executivos que possa atender à demanda dos mercados chinês e mundial e, em última análise, ajudar a colocar o setor de aviação executiva da China em um novo patamar”, disse Tan Ruisong, Presidente da Aviation Industry Corporation of China.

A Embraer está presente na China desde 2000, quando inaugurou seu escritório de representação em Beijing. Em junho de 2010, devido à crescente base de clientes, a Empresa estabeleceu a primeira subsidiária integral na China, a Embraer (China) Aircraft Technical Services Co., Ltd., focada em suporte pós-vendas.

Até o momento, a Embraer tem 154 encomendas confirmadas no mercado chinês, com 116 aeronaves já entregues. A Embraer detém cerca de 78% do mercado de aviação regional da China e está ganhando força no segmento executivo, com 18 encomendas confirmadas de jatos executivos em 2011. A cooperação com a AVIC no programa Legacy 600/650 consolida a presença da Embraer no mercado de aviação executiva da China.

Sobre a Aviation Industry Corporation of China

A Aviation Industry Corporation of China (AVIC) foi fundada em 6 de novembro de 2008 por meio da re-estruturação e consolidação da China Aviation Industry Corporation I (AVIC I) e da China Aviation Industry Corporation II (AVIC II). A AVIC é uma empresa centrada em aviação, mas com capacidade de fornecer serviços em toda a cadeia de valor para os clientes em muitas áreas, de pesquisa e desenvolvimento a operação, e de fabricação a financiamento. Suas unidades de negócios incluem defesa, aeronaves de transporte, motores, helicópteros, aviônicos e sistemas, aviação geral, pesquisa em aviação, teste de voo, comércio e logística, gestão de ativos, serviços de financiamento, planejamento de engenharia e construção, automóveis, etc. Ela é proprietária de quase 200 empresas subsidiárias, mais de 20 companhias listadas em bolsa e tem aproximadamente 500.000 funcionários. É a primeira empresa de defesa da China classificada entre as Top 500 do mundo. No final de junho de 2011, seus ativos totais chegaram a aproximadamente USD 80 bilhões (RMB 500 bilhões).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>