Últimas Notícias

A Petrobras terá fluxo de caixa estável com maior preço, diz Gabrielli

A Petrobras espera que um aumento na receita proveniente da venda de combustíveis amorteça o impacto da volatilidade do preço global do petróleo quando os preços locais forem elevados em 1º de novembro, afirmou seu presidente-executivo, José Sérgio Gabrielli, neste domingo.

“Isso dá uma geração de caixa estável para a empresa, independente da flutuação internacional do preço do petróleo”, disse Gabrielli em um evento do setor de energia no Cingapura.

A Petrobras anunciou na sexta-feira o aumento dos preços de combustíveis pela primeira vez desde maio de 2008, uma atitude bem recebida por investidores preocupados de que o controle de preços exercido pelo governo para controlar a inflação afete o lucro da companhia.

O Brasil tem uma política de preços de longo prazo e não repassa as flutuações diárias nos preços do petróleo para seu mercado, afirmou Gabrielli. “No entanto, temos que ajustar o preço brasileiro ao internacional no longo prazo”, disse.

Gabrielli ressaltou ainda que a demanda brasileira por petróleo deve crescer de 8 a 9% neste ano, nível pouco inferior ao crescimento “muito forte” de 10,5% registrado em 2010.

A crise europeia não mudará a tendência de uma mudança na demanda geográfica do mercado de petróleo para os países emergentes. “Os países emergentes continuarão a crescer, a menos que tenhamos uma recessão catastrófica na Europa, o que eu não acho que acontecerá”, avaliou.

Folha.com

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *