Últimas Notícias

Exportações baianas se recuperam em fevereiro

As exportações baianas se recuperaram, em fevereiro deste ano, alcançando US$ 681,3 milhões, o que supera em 29,8% o desempenho registrado em igual mês de 2010. O aumento de preços das ‘commodities’, como petróleo, celulose e cobre, foi responsável pelo crescimento. As informações são da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan).

“A escalada dos preços do petróleo, por exemplo, em consequência da crise política nos países do Oriente Médio e no norte da África, acabou se tornando benéfica às exportações do estado. O óleo combustível vendido pela Bahia, principal produto de exportação em fevereiro, ficou em média 14,5% mais caro. Com isso, a Petrobras vendeu volume 77% maior do produto, incrementando as exportações”, explica o coordenador de Comércio Exterior da SEI, Arthur Souza Cruz.

O mesmo aconteceu com a celulose – em média 7% mais valorizada este ano e principal segmento de exportação no mês passado – e em relação ao cobre, que registrou preços médios 43% acima do apresentado em fevereiro de 2010.

Já as importações tiveram queda em fevereiro, totalizando US$ 364,8 milhões, número 25,5% inferior ao registrado em igual mês do ano passado. Desembarques menores de trigo, cacau e veículos foram os principais responsáveis pela redução das compras externas. Os problemas na produção do Polo Petroquímico – decorrente do apagão no início de fevereiro – também tiveram reflexo nas importações de nafta.

No bimestre, as exportações baianas estão 3,8% inferiores a igual período do ano anterior, alcançando US$ 1,3 bilhão. Já as importações acumulam, no período, US$ 893,8 milhões, 8,1% menores. Mesmo com números inferiores a 2010, o estado apresentou superávit de US$ 388,6 milhões no período, resultado do desempenho das importações inferiores ao das exportações.

Veja também!

Itaipava emprego Alagoinhas

Dono da Itaipava divulga nota de esclarecimento sobre novas contratações

Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, que possui uma unidade em Alagoinhas, divulgou nota esclarecendo forma de seleção para preenchimento de vagas de emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *